ACESSE GRATUITAMENTE + DE 290.000 QUESTÕES DE CONCURSOS!

Informações da Prova Questões por Disciplina Downloads Prefeitura Municipal - Belo Horizonte - MG - Professor - Português - FUMARC - 2011 - Prova Objetiva

Didática e Prática de Ensino

Instrução: Leia atentamente o texto abaixo:

“Nas décadas de 60 e 70 a Didática e a Prática de Ensino têm como paradigma e fundamento básico a psicologia, com ênfase na abordagem comportamentalista Skineriana, cujo viés instrumental-tecnicista ganha força total. Este era visto como uma verdadeira panacéia para solução da problemática educacional. Dominar técnicas de ensino, construir planejamentos rígidos deslocados dos fundamentos teóricos e da compreensão da realidade social para os quais eram empregados, utilizar adequadamente recursos didáticos e ter domínio de sala de aula eram condições consideradas fundamentais para garantia de um ensino de qualidade. A grande ênfase pedagógica estava localizada mais no resultado da aprendizagem do que no processo.

No final dos anos 70 e início dos anos 80, o Brasil vivia momentos de efervescência no conjunto da sociedade, com o objetivo de restabelecer a democracia política e o Estado Democrático de Direito, após o longo período de ditadura militar.

É na sociedade civil organizada que começa um movimento, através de diferentes organizações, movimentos populares, partidos políticos [...]. Esse movimento ganha corpo com o processo de abertura política e o campo da educação começa a evidenciar a necessidade de revisão dos paradigmas nas diferentes áreas do conhecimento.”

(CANDAU, 2000, p. 188/9)

1 -

Se considerarmos o conhecimento como a matéria prima do currículo, este pode ser entendido como um conjunto de experiências de conhecimento que permite aos estudantes apreenderem a complexidade de variáveis na leitura de mundo. No interior dessa discussão, pode-se inferir que:

I. Em uma sociedade da informação, o conhecimento surge como um capital essencial na interpretação de um novo cenário social complexo, em que estão emergindo novas áreas do conhecimento e novas dimensões de empregabilidade.

II. As relações sociais estabelecidas no interior da escola e na sua integração com a comunidade, ao longo do desenvolvimento curricular, são reconhecidas pela teoria curricular crítica que tem, desde a década de 70, tentado entender como se processam as relações de poder nos currículos ofcial, oculto e em ação.

III. Na sociedade da informação, a educação tem um papel fundamental na formação dos indivíduos, ao longo da vida, como uma forma de usar o conhecimento na perspectiva dos quatro pilares da educação e preparar o cidadão para a uma transformação dos paradigmas culturais existentes.

IV. No sistema educacional, o novo paradigma emergente de apreensão de mundo diz respeito à complexidade relacionada a uma visão fragmentada do conhecimento, tendo em vista uma leitura sistêmica de realidade.

Estão CORRETAS as afirmativas:

a)

apenas I e II.

b)

apenas I, II e III.

c)

apenas I, II e IV.

d)

I, II, III e IV.

Interdisciplininaridade

 CURRÍCULO E A GLOBALIZAÇÃO DO CONHECIMENTO /INTERDISCIPLINARIDADE

http://debatendoamatematica.blogspot.com/2010/07/interdisciplinaridade_17.html

http://www.cocimperatriz.com.br/2007/index.php?pag=ensfundamental

2 -

As imagens permitem o entendimento da interrelação das áreas de conhecimento na escola e da proposta globalizante dos saberes, em que a interdisciplinaridade se torna um processo fundamental na leitura de realidade PORQUE:

I. permite articular no currículo as dimensões técnica, política, humana e social na perspectiva dos quatro pilares da educação.

II. traduz-se em uma prática que dilui as disciplinas no contexto escolar, com aproximação dos saberes disciplinares.

III. supõe um eixo integrador, como objeto de conhecimento, que deve partir da necessidade sentida pelas escolas, professores e alunos de intervir na realidade social que rodeia.

IV. leva em conta uma associação temática entre as disciplinas, a partir de um projeto de investigação voltado para o desenvolvimento de habilidades, com diferentes abordagens, evidenciando um conhecimento sistêmico da realidade.

Verifica-se que:

a)

apenas I e II estão corretos.

b)

apenas I, II e III estão corretos.

c)

apenas I, III e IV estão corretos.

d)

apenas I, II, III e IV estão corretos.

Diversidade na educação

3 -

Na leitura do material acima sobre os processos de inclusão/exclusão se torna evidente a consciência de que as minorias precisam ter o seu lugar de cidadania na sociedade de hoje. Todas as afrmativas abaixo estão contidas no texto, EXCETO:

(Questão anulada)
a)

Para superar os processos de exclusão e rejeição ao diferente, quer nos espaços presenciais quanto virtuais do cotidiano, é necessário que o ambiente escolar esteja preparado para aceitação plena de valores democráticos, com reconhecimento e valorização das habilidades e talentos, em suas diferenças.

b)

Na fase de segregação, em relação a alunos com deficiência, a sociedade, admitindo a necessidade desse atendimento, criou escolas e salas especiais direcionadas a esse tipo de aluno, tendo em vista adaptá-los à sociedade. Em um modelo mais avançado, a integração surge com uma proposta de adaptação da sociedade a essas pessoas.

c)

O objetivo do movimento de inclusão social requer integrar, de fato, políticas públicas que atendam à diversidade e às diferenças entre as crianças, quanto a gênero, etnia, religião, nacionalidade, raça, classe socioeconômica, de ritmos de aprendizagem e de cultura ou capacidade, entre outros.

d)

Para que os desafos do processo de inclusão na escola sejam vencidos, as informações registradas acima afrmam que basta colocar em prática as teorias e haver envolvimento de diferentes segmentos da sociedade, como os pais, a comunidade e o poder público, para que o processo seja vencido.

Materiais flexibilizados em sala de aula

Os textos abaixo informam sobre o uso de materiais flexibilizados em sala de aula. Leia-os, atentamente.

Texto I

 

Texto II

Edição Especial | Julho 2009 | Título original: Toda novidade é bem-vinda. 
http://revistaescola.abril.com.br/inclusao/educacao-especial/toda-novidade-bem-vinda-495945.shtml-acesso em 17/01/2011.

4 -

Baseando-se nas informações dos textos I e II, todas as afrmativas abaixo estão adequadas, EXCETO:

a)

incluir crianças com necessidades especiais beneficia a todos.

b)

é possível incluir os alunos sem defciência no processo de aprendizagem inclusiva.

c)

os materiais didáticos em geral têm se enriquecido com a presença de alunos com deficiência.

d)

os professores usam mais textos explicativos no atendimento às crianças com deficiência.

Quem quer ser um milionário?

FILME: QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO?

 

5 -

A ideia central desse flme relaciona-se com o conceito de aprendizagem significativa discutida, entre outros autores, por Ausubel e César Coll. Indique a afirmativa que caracteriza, de forma MAIS COMPATÍVEL, o processo de construção da aprendizagem que levou o protagonista do flme a ganhar o concurso:

a)

As aprendizagens dos alunos na escola são fruto de experiências cuidadosamente planejadas pelos professores para o desenvolvimento dos conteúdos das diferentes disciplinas que compõem a grade curricular de uma determinada série, tendo em vista uma educação integral.

b)

Para a construção de uma aprendizagem significativa, os estudos inseridos na tradição da Sociologia do Currículo têm evidenciado situações escolares, em todas as faixas etárias, nas quais os alunos aprendem mais do que o planejado no currículo oficial devido à ancoragem dos conhecimentos adquiridos na escola e na vida, cujas idéias relevantes estão presentes na estrutura cognitiva dos alunos.

c)

Os conhecimentos adquiridos no cotidiano, ao longo do tempo, isto é, o fato dos indivíduos possuírem ideias prévias que exprimem ou indicam algo logicamente significativo para eles, com ancoragem estável, permite abrir múltiplas possibilidades de entendimento e dão suporte para novas aprendizagens em novos contextos.

d)

Sendo o currículo constituído também pela cultura real surgida dos processos que se dão nas salas de aulas, a visão de mundo de docentes e discentes dependerá também dos conhecimentos prévios adquiridos ao longo da vida e da alteração ou permanência dos processos dinâmicos de ensino e aprendizagem que auxiliam na formação das pessoas.

Escola

Leia atentamente as informações abaixo:

www.espacodacomunicacao.blogspot.com/2009/07/nova..acesso em 10/01/2011

Diante desse embate entre os avanços e os riscos da ciborguização, há uma discussão sobre o papel da escola nesse cenário. Entre argumentos otimistas e apocalípticos, configura-se uma disputa que opõe o computador e escolarização, como a que é divulgada na música “Estudar para quê?”  do grupo mineiro Pato Fu. Na letra questiona-se:

			ESTUDAR PARA QUÊ?
			Quem mexe com internet
			Fica bom em quase tudo
			Quem tem computador
			Nem precisa de estudo
			Estudar para quê?”

				(SALES, 2010, p.55)

6 -

Assinale o item com a sequência CORRETA de cima para baixo:

a)

2-3-4-1-5

b)

3-5-2-1-4

c)

4-2-1-3-5

d)

2-4-5-3-1

7 -

Leia o fragmento:

Baseando-se no contexto acima, marque a alternativa INCORRETA:

a)

Dentro dos princípios do paradigma da racionalidade técnica, a educação democrática, que integra valores de inclusão, adquire contornos de participação, integração, convivência social e de sentimento de solidariedade social na escola.

b)

A educação integral é, hoje, vista como uma formação completa e integrada em todas as dimensões humanas, em uma proposta pedagógica que contempla os quatro pilares da educação: aprender a conhecer, a fazer, a conviver e a ser, sintonizada com as propostas atuais de formação para a cidadania.

c)

Os avanços tecnológicos têm evidenciado a necessidade de a escola atualizar seus fazeres pedagógicos, enfatizando o desenvolvimento da leitura de mundo a partir das diversas linguagens, buscando uma coerência de articulação entre a teoria e as ações que concretizam o desenvolvimento curricular.

d)

Cabe à escola, hoje em dia, desenvolver os processos de comunicação, de pensamento e de linguagem que são estruturados a partir da realidade e das interações sociais, buscando situações de formação pautadas no desenvolvimento de capacidades que possibilitem o exercício da sustentabilidade planetária.

A Tarefa Pedagógica

Os professores podem, querem ou sabem aprender com seus alunos, com os materiais e recursos pedagógicos e com as tarefas que realizam ou propõem em sala de aula? Esse lugar é um ambiente de aprendizagem para o professor? Como ele se relaciona com o desconhecido, o surpreendente, o não previsível, o não controlável, o não redutível, e a resposta pronta cada vez mais comum na sala de aula? O que ele pode aprender com os alunos ou como compartilhar com eles as formas de enfrentamento em uma dada situação-problema? Como criar na sala de aula um clima de investigação, de trocas de experiências, de construção coletiva? Como organizar diferentes ambientes de aprendizagem, salas e agrupamentos de alunos diferenciados, segundo diferentes critérios? Como manter um objetivo comum, respeitando os modos tão distintos de percurso dos alunos face às suas limitações e interesses diversificados? Transformar a sala em um laboratório ou contexto em que o professor é desafiado para desenvolver novas formas de ensino e aprendizagem é fundamental” (NEIRA, 2004. p. 54/55).

8 -

Baseando-se no contexto do fragmento acima, assinale a alternativa que destaca a mediação MAIS ADEQUADA na organização do trabalho do professor em sala de aula:

a)

O professor deve organizar o seu trabalho pedagógico sempre de forma bem inusitada e diferente para atrair a atenção de seu aluno que está acostumado a usar os recursos da internet, tendo em vista atender à característica da adolescência.

b)

O professor em sala de aula deve proporcionar a pesquisa e refexão, em todos os conteúdos, a partir de problemas cotidianos e de recursos diversifcados, para que os alunos e professor, em agrupamentos diversos, possam interagir com argumentos e sistematização de ideias.

c)

O professor deve usar recursos para mediar o conhecimento, de tal forma que os alunos, individualmente, possam problematizar as situações, permitindo construções intelectuais próprias, tendo em vista encontrar soluções adequadas para os confitos e desafos encontrados no processo ensino/aprendizagem.

d)

O professor deve conhecer bastante do seu ofício para que ele possa dar instruções bem claras, já organizadas e sistematizadas pela literatura em uso, para que seus alunos, em grupo ou em outras formações, não fquem perdidos quanto aos conhecimentos mais adequados.

Conceito de avaliação

“O  conceito de avaliação expresso pelos alunos e a  concepção  de avaliação, nos depoimentos dos alunos, aparecem desta maneira, quando respondem à pergunta: Como vocês definem avaliação?”

“(...) é conferir como está ocorrendo o andamento de alguma coisa com a finalidade de ver seu ponto positivo, negativo; corrigir o que está errado melhorando sempre a situação das pessoas que estão sendo avaliadas.”

“(...) é um meio de saber se o aluno está ou não preparado, se está aproveitando bem o que está sendo ensinado, se ele está preparado para cursar uma outra série.”

“(...) é avaliar a capacidade de uma pessoa. Avaliar os alunos em todos os seus aspectos.”

“(...) é um teste para ver como anda o rendimento no curso ou mesmo o que é feito pela própria pessoa a respeito de um ponto importante de sua vida, para ver se fez certo ou o que vai fazer a respeito.”

9 -

Os alunos compreenderam que o processo avaliativo é:

I. Um momento de julgamento da qualidade de um processo a que chamamos de desempenho escolar, tendo em vista melhorar os aspectos de formação integral do aluno.

II. Sempre vêem a avaliação como julgamento indispensável para alguma tomada de decisão frente ao currículo escolar a e à perspectiva de vida.

III. Não percebem a avaliação com uma questão de mero produto suscetível de uma nota quantitativa a ser atribuída às atividades de formação.

IV. Entendem que a avaliação tem por fnalidades perceber as situações processuais certas e erradas relativas a conteúdos disciplinares, mas também relativas a outros aspectos correspondentes à formação integral da pessoa.

Baseando-se no conceito de “"avaliação"” proposto pela LDB 9394/96, marque a alternativa CORRETA:

a)

apenas I e II.

b)

apenas I, II e III.

c)

apenas II, III e IV .

d)

I, II, III e IV.

Fragmento

Observe o fragmento:

10 -

Analise as afirmativas:

I. A identidade do profissional de educação é construída por fatores como os sociais, econômicos, políticos, culturais; as práticas docentes são determinadas pela sua história de vida em múltiplos entrecruzamentos com as vivências históricas de cada momento profssional.

II. Na escola devem predominar valores sobre o trabalho intelectual e de estudo, atitudes de refexão crítica na leitura de mundo e responsabilidade social, em articulação com um fazer docente focado no uso recursos didáticos adequados, numa proposta de formação integral para a cidadania e na valorização de uma cultura geral.

III. A prática do professor se dá na convergência interdisciplinar de projetos educacionais: o constitucional de uma nação, o educacional de um país, o político-pedagógico da escola e os diversos planejamentos dos professores para ensinar e aprender.

IV. Em conclusão, o trabalho do professor se faz por meio de uma prática social específca, em termos de conteúdos cognitivos, na qual está presente a dinâmica professor-aluno-conhecimento, que é fundamentada nas concepções de homem, de sociedade e de aprendizagem.

Estão CORRETOS apenas os itens:

a)

I e II.

b)

I, II e III.

c)

II, III e IV.

d)

I, II, III e IV.

« anterior 1 2 3 4 próxima »

Marcadores

Marcador Verde Favorita
Marcador Azul Dúvida
Marcador Amarelo Acompanhar
Marcador Vermelho Polêmica
Marcador Laranja  Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
⇑ TOPO
Salvar Texto Selecionado

CONECTE-SE

Facebook
Twitter
E-mail

Copyright © Tecnolegis - 2010 - 2019 - Todos os direitos reservados.