ACESSE GRATUITAMENTE + DE 450.000 QUESTÕES DE CONCURSOS!

Informações da Prova Questões por Disciplina Downloads Polícia Militar - São Paulo - Soldado da Policia Militar - Vunesp - 2013 - Prova Objetiva

A tecnologia e o futuro do policiamento

O policiamento – como todas as demais atividades – está sendo reimaginado na era das montanhas de dados, sob a expectativa de que uma análise mais ampla e profunda sobre crimes passados, combinada a algoritmos1 sofisticados, possa ajudar a prever futuros delitos. Trata-se de uma prática conhecida como “policiamento preditivo” e, ainda que exista há apenas alguns anos, muitos especialistas a veem como uma revolução na forma pela qual o trabalho policial é realizado.

Um exemplo é o departamento de polícia de Los Angeles, que está usando um software chamado PredPol. O software começa pela análise de anos de estatísticas criminais disponíveis, depois divide o mapa de patrulha em zonas (de cerca de 45 metros quadrados) e calcula a distribuição e frequência de crimes em cada uma delas. Por fim, informa aos policiais sobre as probabilidades de local e horário de crimes, o que permite que eles policiem de maneira mais intensa as áreas sob ameaça.

A atraente ideia que embasa o policiamento preditivo é a de que é muito melhor prevenir um crime antes que aconteça do que chegar depois e investigá-lo. Assim, mesmo que os policiais em patrulha não apanhem o bandido em flagrante, sua presença no lugar certo e na hora certa pode exercer efeito dissuasório2.

A lógica parece sólida. Em Los Angeles, houve um declínio de 13% na criminalidade. A cidade de Santa Cruz, também usuária do PredPol, viu queda de 30% no número de furtos.

Mas, apesar do mérito inegável do novo sistema, há quem questione sua eficácia, uma vez que as ações da polícia não podem ser guiadas apenas pela interpretação de números aproximados. Isso porque, nos regimes democráticos, a polícia precisa de causa provável – alguma forma de prova, e não apenas um palpite – para deter e revistar alguém na rua.

Também há o problema dos crimes que passam sem denúncia. Embora a maioria dos homicídios seja denunciada, muitos estupros e furtos residenciais não são. Mesmo na ausência desse tipo de denúncia, a polícia continua a desenvolver métodos de descobrir quando algo de estranho acontece em um bairro. Os críticos do policiamento preditivo temem que esse conhecimento obtido pela análise atenta que os policiais fazem de seu entorno seja substituído pela análise exclusiva das estatísticas. Se apenas dados sobre crimes que foram registrados em queixas formais forem usados para prever futuros crimes e orientar o trabalho policial, algumas formas de crime poderão passar sem registro – e, com isso, sem qualquer repressão.

As recompensas do policiamento preditivo podem ser reais, mas seus perigos também o são. A polícia precisa sujeitar seus algoritmos a um rigoroso exame externo e enfrentar a questão das distorções implícitas que carreguem.

(Evgeny Morozov, tradução de Paulo Migliacci, www1.folha.uol.com.br, 23.07.2012. Adaptado)

1 algoritmo: conjunto das regras e procedimentos lógicos que levam à solução de um problema

2 dissuasório: que convence ou tenta convencer a desistir

1 -

De acordo com o texto, o PredPol ajuda a prever futuros delitos por meio de cálculos feitos a partir:

a)

da vigilância ininterrupta das regiões mais populosas.

b)

de informações sobre crimes cometidos no passado.

c)

de denúncias feitas por cidadãos que se sentem ameaçados.x'

d)

do interrogatório dos bandidos que são presos em flagrante.

e)

da análise do comportamento de criminosos em detenção.

2 -

Com o auxílio do PredPol, os policiais são enviados para patrulharem os locais em que a ocorrência de crimes é mais:

a)

provável.

b)

aleatória.

c)

inusitada.

d)

irregular.

e)

repentina.

3 -

O policiamento preditivo parte do pressuposto de que os atos criminosos podem ser;

a)

flagrados, com o monitoramento das áreas de risco feito por meio de câmeras sofisticadas.

b)

extintos, com o melhor armamento dos policiais que patrulham o perímetro urbano.

c)

evitados, com a intensificação do policiamento em locais e horários estratégicos.

d)

interrompidos, com o sistema digital de vigilância que aciona a polícia quando um delito está acontecendo.

e)

remediados, com a condução de investigações mais criteriosas de delitos recorrentes.

4 -

De acordo com o quinto parágrafo, nos regimes democráticos, para deter e revistar alguém na rua, a polícia precisa agir com base em:

a)

evidências.

b)

rumores.

c)

estimativas.

d)

suspeitas.

e)

instinto.

5 -

Segundo o que se afirma no sexto parágrafo, com o policiamento preditivo, algumas formas de crime poderão permanecer sem qualquer repressão, se a atuação da polícia

a)

for orientada por estatísticas que tratam crimes formais e informais de maneira indistinta.

b)

desconsiderar os cálculos numéricos obtidos a partir das queixas feitas com maior frequência.

c)

resultar da análise informal que alguns policiais fazem das alterações da rotina de um bairro.

d)

tiver seus esforços concentrados no combate a delitos que passam sem um registro formalizado.

e)

ficar restrita à análise de estatísticas, ignorando os crimes que deixam de ser denunciados.

6 -

No trecho do sexto parágrafo – Se apenas dados sobre crimes que foram registrados em queixas formais forem usados para prever futuros crimes e orientar o trabalho policial, algumas formas de crime poderão passar sem registro – e, com isso, sem qualquer repressão. – a conjunção Se, em destaque, expressa:

a)

comparação.

b)

consequência.

c)

alternância.

d)

condição.

e)

finalidade.

7 -

Releia o último parágrafo para responder à questão a seguir.

As recompensas do policiamento preditivo podem ser reais, mas seus perigos também o são. A polícia precisa sujeitar seus algoritmos a um rigoroso exame externo e enfrentar a questão das distorções implícitas que carreguem.

O termo rigoroso, em destaque, tem sentido oposto ao de:

a)

exato.

b)

acurado.

c)

superficial.

d)

irrepreensível.

e)

minucioso.

8 -

Releia o último parágrafo para responder à questão a seguir.

As recompensas do policiamento preditivo podem ser reais, mas seus perigos também o são. A polícia precisa sujeitar seus algoritmos a um rigoroso exame externo e enfrentar a questão das distorções implícitas que carreguem.

O termo implícitas, em destaque, é empregado com o sentido de:

a)

subentendidas.

b)

significativas.

c)

persistentes.

d)

evidenciadas.

e)

agravantes.

9 -

Assinale a alternativa em que a passagem do texto está reescrita corretamente, no que se refere à pontuação.

a)

A polícia mesmo na ausência desse tipo de denúncia, continua a desenvolver métodos de descobrir, quando algo de estranho, acontece em um bairro. (sexto parágrafo)

b)

Também usuária do PredPol, a cidade de Santa Cruz viu queda de 30% no número de furtos. (quarto parágrafo)

c)

Assim, sua presença no lugar certo e na hora certa, pode exercer efeito dissuasório mesmo que, os policiais em patrulha, não apanhem o bandido em flagrante. (terceiro parágrafo)

d)

Por fim, informa aos policiais sobre as probabilidades de local e horário de crimes, o que permite que eles policiem, as áreas sob ameaça, de maneira mais intensa. (segundo parágrafo)

e)

Houve, em Los Angeles um declínio, de 13% na criminalidade. (quarto parágrafo)

10 -

Assinale a alternativa em que a concordância está em conformidade com a norma-padrão da língua.

a)

Já é utilizado, em Los Angeles, algoritmos sofisticados para prever futuros delitos.

b)

Com o auxílio do PredPol, são calculados a distribuição e a frequência dos crimes.

c)

Em seguida, as áreas ameaçadas são as que recebe um policiamento mais intenso.

d)

Os policiais são informados sobre os locais onde os crimes são mais frequente.

e)

Estão sendo reimaginadas, na era das montanhas de dados, todas as atividades.

« anterior 1 2 3 4 5 próxima »

Marcadores

Marcador Verde Favorita
Marcador Azul Dúvida
Marcador Amarelo Acompanhar
Marcador Vermelho Polêmica
Marcador Laranja  Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
⇑ TOPO
Salvar Texto Selecionado

CONECTE-SE

Facebook
Twitter
E-mail

Copyright © Tecnolegis - 2010 - 2019 - Todos os direitos reservados.