ACESSE GRATUITAMENTE + DE 450.000 QUESTÕES DE CONCURSOS!

Informações da Prova Questões por Disciplina Downloads CGE - Controladoria Geral do Estado - Piauí - Auditor Governamental - Engenharia - CESPE - UnB - 2015 - Prova Objetiva

Texto I

	1 		Talvez o distinto leitor ou a irresistível leitora sejam
		naturais, caso em que me apresso a esclarecer que nada tenho
		contra os naturais, antes pelo contrário. Na verdade, alguns dos
	4 	meus melhores amigos são naturais. Como, por exemplo, o
		festejadíssimo cineasta patrício Geraldo Sarno, que é baiano e
		é natural — pois neste mundo as combinações mais loucas são
	7 	possíveis. Certa feita, estava eu a trabalhar em sua ilustre
		companhia quando ele me convidou para almoçar (os cineastas,
		tradicionalmente, têm bastante mais dinheiro do que os
	10 	escritores; deve ser porque se queixam muito melhor). Aceito
		o convite, ele me leva a um restaurante que, apesar de
		simpático, me pareceu um pouco estranho. Por que a maior
	13 	parte das pessoas comia com ar religioso e contrito? Que prato
		seria aquele que, olhos revirados para cima, mastigação
		estoica, e expressão de quem cumpria dever penosíssimo, um
	16 	casal comia, entre goles de uma substância esverdeada e
		viscosa que lentamente se decantava — para grande prejuízo
		de sua já emética aparência — numa jarra suspeitosa? Logo fui
	19 	esclarecido, quando meu companheiro e anfitrião, os olhos
		cintilantes e arregalados, me anunciou:
			— Surpresa! Vais comer um almoço natural!			

João Ubaldo Ribeiro. A vida natural. In: Arte e ciência de roubar galinha. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1998.

1 -

Acerca das ideias e das estruturas linguísticas do texto I, julgue o item a seguir.

Sem prejuízo para a correção gramatical do texto, a forma verbal “comia” (l.13) poderia ser flexionada no plural.

Certa.
Errada.
2 -

Acerca das ideias e das estruturas linguísticas do texto I, julgue o item a seguir.

No trecho “ele me leva a um restaurante que, apesar de simpático, me pareceu um pouco estranho” (l. 11 e 12), o elemento “que” introduz oração de natureza restritiva, intercalada por estrutura de valor adverbial.

Certa.
Errada.
3 -

Acerca das ideias e das estruturas linguísticas do texto I, julgue o item a seguir.

Infere-se da leitura do texto que, para o autor, os baianos não são naturalmente adeptos da alimentação natural.

Certa.
Errada.
4 -

Acerca das ideias e das estruturas linguísticas do texto I, julgue o item a seguir.

O adjetivo “estoica” (l.15) contraria, em termos semânticos, o “ar religioso e contrito” (l.13) das pessoas no restaurante.

Certa.
Errada.

Texto II

	1 		Uma casa tem muita vez as suas relíquias, lembranças
		de um dia ou de outro, da tristeza que passou, da felicidade que
		se perdeu. Supõe que o dono pense em as arejar e expor para
	4 	teu e meu desenfado. Nem todas serão interessantes, não raras
		serão aborrecidas, mas, se o dono tiver cuidado, pode extrair
		uma dúzia delas que mereçam sair cá fora.
	7 	Chama-lhe à minha vida uma casa, dá o nome de
		relíquias aos inéditos e impressos que aqui vão, ideias,
		histórias, críticas, diálogos, e verás explicados o livro e o título.
	10 	Possivelmente não terão a mesma suposta fortuna daquela
		dúzia de outras, nem todas valerão a pena de sair cá fora.
		Depende da tua impressão, leitor amigo, como dependerá de ti
	13 	a absolvição da má escolha.			

Machado de Assis. Advertência. In: Relíquias da casa velha. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1986.

5 -

Julgue o item que se segue , relativo à estrutura linguística e ao sentido do texto II.

No texto, o narrador justifica o título e esclarece o conteúdo de um livro que traz ideias, histórias, críticas e diálogos autobiográficos cujo teor ainda está muito presente em sua vida.

Certa.
Errada.
6 -

Julgue o item que se segue , relativo à estrutura linguística e ao sentido do texto II.

Ao leitor é atribuída a tarefa de julgar o valor das relíquias cuja exposição parece afastar o tédio do narrador.

Certa.
Errada.
7 -

Julgue o item que se segue , relativo à estrutura linguística e ao sentido do texto II.

A correção gramatical e os sentidos do texto seriam mantidos caso se inserisse uma vírgula logo após o termo “delas” (l.6).

Certa.
Errada.
8 -

Julgue o item que se segue , relativo à estrutura linguística e ao sentido do texto II.

No trecho “Chama-lhe à minha vida uma casa” (l.7), é facultativo o emprego do sinal indicativo de crase.

Certa.
Errada.
9 -

Julgue o item que se segue , relativo à estrutura linguística e ao sentido do texto II.

O emprego de dois-pontos em substituição à vírgula logo após a expressão “suas relíquias” (l.1) não geraria erro gramatical.

Certa.
Errada.

Texto III

Mem. 15/2014-CGE/PI

Teresina, 10 de outubro de 2014.

Ao Sr. José Alves André

Assunto: Reunião sobre Gestão de Convênios

1. Informo que, no próximo dia 25, às 9 horas, na sala de treinamento, será promovida reunião em que se tratará dos convênios celebrados por este órgão.

2. Solicito o comparecimento dos servidores dessa unidade, munidos dos relatórios anuais a serem discutidos com o diretor financeiro e o coordenador do setor, de forma a sanar possíveis questionamentos e dúvidas.

3. Esclarecimentos adicionais podem ser obtidos pelo ramal 678.

Atenciosamente,

[espaço para a assinatura]

[Nome]

Controlador-Geral do Estado

Considerando as disposições do Manual de Redação da Presidência da República, julgue o item que se segue, a respeito da adequação, do formato e da linguagem da comunicação oficial hipotética Mem. 15/2014-CGE/PI.

10 -

Seriam mantidas a correção e a adequação da linguagem se fosse inserido o complemento a Vossa Senhoria imediatamente após a forma verbal “Informo”.

Certa.
Errada.

« anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 próxima »

Marcadores

Marcador Verde Favorita
Marcador Azul Dúvida
Marcador Amarelo Acompanhar
Marcador Vermelho Polêmica
Marcador Laranja  Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
⇑ TOPO
Salvar Texto Selecionado

CONECTE-SE

Facebook
Twitter
E-mail

Copyright © Tecnolegis - 2010 - 2019 - Todos os direitos reservados.