ACESSE GRATUITAMENTE + DE 450.000 QUESTÕES DE CONCURSOS!

Informações da Prova Questões por Disciplina Downloads PGE - Procuradoria Geral do Estado - Rio Grande do Sul - Procurador do Estado - Jurídica - Direito - FUNDATEC - 2015 - Prova Objetiva

Texto 01

01                    — Você pensou bem no que vai fazer, Paulo?
02                    — Pensei. Já estou decidido. Agora não volto atrás.
03                    — Olhe lá, hein, rapaz...
04                    Paulo está ao mesmo tempo comovido e surpreso com os três amigos. Assim que souberam do seu
05                    divórcio iminente, correram para visitá-lo no hotel. A solidariedade lhe faz bem. Mas não entende aquela
06                    insistência deles em dissuadi-lo. Afinal, todos sabiam que ele não andava muito contente com seu
07                    relacionamento.
08                    — Pense um pouco mais, Paulo. Reflita. Essas decisões súbitas...
09                    — Mas que súbitas? Estamos praticamente separados há um ano!
10                    — Dê outra chance ao seu casamento, Paulo.
11                    — A Margarida é uma ótima mulher.
12                    — Espera um pouquinho. Você mesmo deixou de frequentar nossa casa por causa da Margarida, depois
13                    que ela chamou vocês de bêbados e quase expulsou todo mundo.
14                    — E fez muito bem. Nós estávamos bêbados e tínhamos que ser expulsos.
15                    — Outra coisa, Paulo. O divórcio. Sei lá.
16                    — Eu não entendo mais nada. Você sempre defendeu o divórcio!
17                    — É. Mas quando acontece com um amigo...
18                    — Olha, Paulo. Eu não sou moralista. Mas acho a família uma coisa importantíssima. Acho que a família
19                    merece qualquer sacrifício.
20                    — Pense nas crianças, Paulo. No trauma.
21                    — Mas nós não temos filhos!
22                    — Nos filhos dos outros, então. No mau exemplo.
23                    — Mas isto é um absurdo! Vocês estão falando como se fosse o fim do mundo. Hoje, o divórcio é uma
24                    coisa comum. Não vai mudar nada.
25                    — Como, não muda nada?
26                    — Muda tudo!
27                    — Você não sabe o que está dizendo, Paulo! Muda tudo.
28                    — Muda o quê?
29                    — Bom, pra começar, você não vai poder mais frequentar as nossas casas.
30                    — As mulheres não vão tolerar.
31                    — Você se transformará num pária social, Paulo.
32                    — Como é que é?!
33                    — Fora de brincadeira. Um reprobo.
34                    — Puxa. Eu nunca pensei que vocês...
35                    — Pense bem, Paulo. Dê tempo ao tempo.
36                    — Deixe pra decidir depois. Passado o verão.
37                    — Reflita, Paulo. É uma decisão seriíssima. Deixe para mais tarde.
38                    — Está bem. Se vocês insistem...
39                    Na saída, os três amigos conversam:
40                    — Será que ele se convenceu?
41                    — Acho que sim. Pelo menos vai adiar.
42                    — E no “solteiros contra casados” da praia, neste ano, ainda teremos ele no gol.
43                    — Também, a ideia dele. Largar o gol dos casados logo agora. Em cima da hora. Quando não dava mais
44                    para arranjar substituto.
45                    — Os casados nunca terão um goleiro como ele.
46                    — Se insistirmos bastante, ele desiste definitivamente do divórcio.
47                    — Vai aguentar a Margarida pelo resto da vida.
48                    — Pelo time dos casados, qualquer sacrifício serve.
49                    — Me diz uma coisa. Como divorciado, ele podia jogar no time dos solteiros?
50                    — Podia.
51                    — Impensável.
52                    — É.
53                    — Outra coisa.
54                    — Fala.
55                    — Não é reprobo. É réprobo. Acento no “e”.
56                    — Mas funcionou, não funcionou?

Adaptado de VERISSIMO, Luis Fernando. “Os Moralistas”.

Disponível em www.releituras.com/lfverissimo_moralistas.asp.

Acessado em 12 de novembro de 2014.

1 -

Assinale a alternativa que apresenta sinônimos para as palavras iminente (linha 05), pária (linha 31) e réprobo (linha 55), respectivamente, tal como foram empregadas no texto.

a)

inesperado - excluso - insensível.

b)

impensado - exilado - reprovado.

c)

impendente - excluído - infame.

d)

próximo - mau exemplo - retrógrado.

e)

rápido - expulso - solteirão.

2 -

Assinale a alternativa que apresenta uma versão modificada da frase Você mesmo deixou de frequentar nossa casa por causa da Margarida, depois que ela chamou vocês de bêbados e quase expulsou todo mundo (linhas 12-13), sem alteração significativa de sentido dos termos e de suas funções sintáticas.

a)

Mesmo você deixou de frequentar nossa casa por causa da Margarida, depois que ela chamou vocês de bêbados e quase expulsou todo mundo.

b)

Até você deixou de frequentar nossa casa por causa da Margarida, depois que ela chamou vocês de bêbados e expulsou quase todo mundo.

c)

Você até deixou de frequentar nossa casa por causa da Margarida, depois que ela chamou vocês de bêbados e quase expulsou todo mundo.

d)

Depois que a Margarida chamou vocês de bêbados e quase expulsou todo mundo, você próprio deixou de frequentar nossa casa por causa dela.

e)

Depois que a Margarida chamou vocês de bêbados e expulsou todo mundo, você mesmo quase deixou de frequentar nossa casa por causa dela.

3 -

Assinale V, se verdadeiras, ou F, se falsas nas afirmações a seguir:

( ) A palavra decidido (linha 02) está sendo empregada como adjetivo.

( ) A palavra absurdo (linha 23) está sendo empregada como adjetivo.

( ) A palavra bem (linha 35) está sendo usada como um substantivo.

( ) A palavra ano (linha 42) está sendo usada como advérbio.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a)

F - F - V - V.

b)

F - V - V - V.

c)

V - F - F - F.

d)

V - V - V - F.

e)

V - F - F - V.

4 -

Assinale a alternativa que apresenta a versão INCORRETA de uma das falas dos amigos de Paulo, caso estivesse escrita em discurso indireto.

a)

O amigo de Paulo perguntou a ele se ele tinha pensado bem no que iria fazer (linha 01).

b)

O amigo de Paulo pediu para que Paulo desse outra chance ao seu casamento (linha 10).

c)

O amigo de Paulo disse que Margarida era uma ótima mulher (linha 11).

d)

O amigo de Paulo disse que os casados nunca teriam um goleiro como ele (linha 45).

e)

O amigo de Paulo disse que se insistirmos bastante, ele desiste definitivamente do divórcio (linha 46).

Texto 02

01                              Qual a situação política ................... se defrontava Jango com a retomada do regime
02                    presidencialista, com o fim do parlamentarismo em 1963? O fundamental é que a política de compromisso
03                    se tornava cada vez mais difícil. De cada extremo do espectro, grupos radicais insistiam em soluções
04                    antidemocráticas, compartilhando a crença de que cada um estava em condições de ganhar mais com o
05                    desmoronamento da democracia.
06                              À direita, o grupo mais importante era o dos antigetulistas tradicionais. Chocados pela súbita
07                    renúncia de Jânio em 1961, mas impossibilitados de impedir a posse de Jango, caíram num desespero que
08                    lembrava seu mal-estar após a eleição de Juscelino em 1955. Estavam, no entanto, melhor organizados e
09                    mais decididos. As manobras populistas de Jango, em 1962, para obter a antecipação do plebiscito sobre o
10                    regime de governo .................... de que estavam tratando com o mesmo Jango .................. renúncia os
11                    coronéis forçaram em 1954. Em princípios de 1962, começaram a conspirar para derrubar o presidente.
12                    Entre seus líderes militares estavam o marechal Odílio Denys e o almirante Sílvio Heck, ex-ministros de
13                    Jânio. O principal chefe civil era Júlio de Mesquita Filho, proprietário do influente jornal O Estado de S.
14                    Paulo.
15                              Os radicais anti-Jango dispunham de uma conhecida reserva de doutrinas antidemocráticas. Como
16                    em 1950 e em 1955, alegavam que não se podia confiar no eleitorado brasileiro. Somente sob uma
17                    cuidadosa tutela poderia ser impedido de cair nas malhas de políticos “demagógicos” novamente. A
18                    moralidade e o anticomunismo eram suas palavras de ordem. Contavam, ainda, com o apoio de um bem
19                    financiado movimento de homens de negócio paulistas, que tinha como centro o Instituto de Pesquisas e
20                    Estudos Sociais (IPES), fundado em 1961.
21                              À esquerda, os radicalizantes tentavam capitalizar qualquer crise política ........ fim de provocar uma
22                    abrupta transferência de poder. Seu propósito era influenciar a opinião pública, até o ponto em que os
23                    árbitros estabelecidos do poder fossem desacreditados ou vencidos. A esquerda radical incluía grupos
24                    operários como o Pacto Sindical de Unidade de Ação (PUA) e o Comando Geral dos Trabalhadores (CGT),
25                    e organizações populares como as Ligas Camponesas e a União Nacional de Estudantes (UNE). O Partido
26                    Comunista Brasileiro trabalhava para forçar um governo mais “nacionalista e democrático”, dentro da
27                    estrutura existente. O líder político mais preeminente da esquerda radical era Leonel Brizola, agora
28                    deputado federal pelo PTB da Guanabara. Brizola era dado ao uso de linguagem violenta contra os inimigos;
29                    frequentemente ameaçava recorrer à ação extraparlamentar – por exemplo, incentivar greves generalizadas,
30                    como na crise de 1962 – para obter concessões do Congresso. É importante notar aqui a ênfase nos
31                    métodos diretos para combater “golpistas”, “entreguistas” e “reacionários”. Nenhum desses grupos de
32                    esquerda era francamente revolucionário por volta de fins de 1962; mas todos tinham sérias dúvidas quanto
33                    ......... possibilidade de satisfazer seus desejos de mudanças radicais dentro da estrutura constitucional
34                    existente.
35                              A despeito do crescimento da opinião extremista, em princípios de 1963 a maioria dos brasileiros
36                    ainda se encontrava no centro. Pró-democráticos, preferiam uma economia mista que utilizasse o capital
37                    estrangeiro sob cuidadoso controle nacional. A opinião do centro aceitava ampliar o sistema político, mas
38                    somente com cautela. Sua base social era primordialmente liberal, mas também reconhecia a necessidade
39                    da industrialização, conquanto resistisse ........ qualquer ideologia definida com relação ao processo de
40                    industrialização. Contudo, estes pontos-de-vista cautelosos não eram claramente formulados, e na verdade
41                    continham seu próprio espectro de opinião — desde a “esquerda positiva” até os “industrialistas
42                    esclarecidos”.

Adaptado de: Thomas Skidmore, “O Espectro Político e os Extremistas”,

in Brasil: de Getúlio a Castelo, 4.ª ed., trad. coord. por I. T. Dantas, p.273

-279. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1975.

5 -

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, a lacuna da linha 01, bem como a primeira e a segunda lacunas da linha 10.

a)

que - convencera-os - a cuja

b)

com que - convenceram-nos - cuja

c)

que - convenceram-nos - cuja

d)

com que - convencera-os - cuja

e)

com que - convenceram-nos - a cuja

6 -

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas das linhas 21, 33 e 39.

a)

à - a -à

b)

a - à - à

c)

à - à - a

d)

a - à - a

e)

à - à - à

7 -

Assinale a alternativa que contém um acontecimento histórico que NÃO ocorreu no período de 1962-1963, segundo o texto.

a)

Manobras de Jango para obter a aprovação do plebiscito sobre o regime de governo.

b)

Ação extraparlamentar da esquerda radical para obter concessões do Congresso.

c)

Retorno do regime presidencialista de governo.

d)

Obtenção da renúncia de Jango por parte de militares.

e)

Início da conspiração de direita cujo objetivo era a derrubada de Jango da presidência.

8 -

Assinale a alternativa que está de acordo com o texto.

a)

Quando acontece a retomada do regime presidencialista, Jango passa a enfrentar dificuldades porque grupos radicais exigem medidas antidemocráticas em troca de apoio no Congresso.

b)

Embora já esperassem pela renúncia de Jango e estivessem melhor preparados, os radicais antigetulistas não conseguiram impedir a posse de Jango em 1961 porque estavam indecisos.

c)

Os radicais de direita que planejavam derrubar Jango eram liderados por ex-ministros militares e por lideranças civis que incluíam gente ligada à imprensa nacional bem como parlamentares com muita influência no Congresso.

d)

O propósito dos radicais de esquerda era influenciar a opinião pública e desacreditar os árbitros estabelecidos do poder, buscando criar condições para desencadear um processo revolucionário.

e)

Em princípios de 1963, a maioria dos brasileiros tinha uma posição de centro, a favor da democracia e da economia mista sob controle do estado, e, ainda que cautelosamente, admitia alterações no sistema político vigente.

9 -

As alternativas abaixo apresentam relações de referência entre um elemento anafórico e aquilo a que se refere no texto. Qual alternativa contém a relação correta?

a)

sujeito oculto de começaram a conspirar (l.11) - coronéis (l.11)

b)

sujeito oculto de poderia ser impedido (l.17) - sujeito de não se podia confiar (l.16)

c)

suas (l.18) - políticos "demagógicos" (l.17)

d)

sua (l.38) - sistema político (l.37)

e)

seu próprio (l.41) - pontos de vista cautelosos (l.40)

10 -

As alternativas abaixo apresentam substituições para os segmentos cada um estava (l.04), não se podia (l.16) e conquanto resistisse (l.39), respectivamente. Assinale a alternativa que contém as substituições adequadas ao sentido do texto.

a)

todos os lados estavam - não era possível - mesmo resistindo

b)

seu próprio lado estava - não podiam - até mesmo resistindo

c)

seu próprio lado estava - não era possível - mesmo resistindo

d)

todos os lados estavam - não podiam - mesmo resistindo

e)

seu próprio lado estava - não podiam - até mesmo resistindo

« anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 próxima »

Marcadores

Marcador Verde Favorita
Marcador Azul Dúvida
Marcador Amarelo Acompanhar
Marcador Vermelho Polêmica
Marcador Laranja  Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
⇑ TOPO
Salvar Texto Selecionado

CONECTE-SE

Facebook
Twitter
E-mail

Copyright © Tecnolegis - 2010 - 2019 - Todos os direitos reservados.