ACESSE GRATUITAMENTE + DE 290.000 QUESTÕES DE CONCURSOS!

Informações da Prova Questões por Disciplina Tecnolegis - Direito Comercial - Aluno - Comercial - Tecnolegis - Prova Objetiva

1 -

Em relação à duplicata, será correto afirmar que é indispensável fazer a indicação numérica de valor (através de algarismos) e por extenso (valor escrito).

Verdadeira.
Falsa.
2 -

A ausência de indicação da data de vencimento em nota promissória importa na nulidade do título de crédito respectivo.

Verdadeira.
Falsa.
3 -

Tanto o cheque quanto a nota promissória, na qualidade de títulos de crédito, podem ser endossados.

Verdadeira.
Falsa.
4 -

Diferentemente da nota promissória, o cheque prescinde da indicação da data e lugar da emissão.

Verdadeira.
Falsa.
5 -

O prazo de validade do cheque visado será de 60 (sessenta) dias, se apresentado na praça de sua emissão (mesma praça onde se encontra o banco sacado) e de 30 (trinta) dias se apresentado em praça diversa de sua emissão (praça diversa de onde se encontra o banco sacado).

Resolução da Equipe Tecnolegis:

É exatamente o inverso: 30 dias se apresentado na mesma praça e 60 dias se apresentado em praça diversa.

Verdadeira.
Falsa.
6 -

Os requisitos para que um cheque tenha validade como título de crédito deverá conter, obrigatoriamente, os seguintes requisitos: a) a denominação "cheque" inscrita no contexto do título; b) a ordem incondicional de pagar (através do imperativo "pague"); c) o nome do banco ou da instituição financeira que deve pagar (o nome do sacado) e; d) a assinatura do emitente (sacador) ou mandatário com especiais poderes para emitir o cheque.

Verdadeira.
Falsa.
7 -

Uma das principais características dos títulos créditos é sua circulatoriedade.

Verdadeira.
Falsa.
8 -

É possível exigir garantia de crédito de emitente de cheque, através de aval.

Verdadeira.
Falsa.
9 -

O cheque com valor superior a R$ 100,00 (cem) reais que não indique beneficiário não poderá ser pago e nem compensado. 

Resolução da Equipe Tecnolegis:

Confira o que dispõe a Lei 9.069, de 29 de junho de 1995:

"Art. 69. A partir de 1º de julho de 1994, fica vedada a emissão, pagamento e compensação de cheque de valor superior a R$ 100,00 (cem REAIS), sem identificação do beneficiário." 

 

Verdadeira.
Falsa.
10 -

O cheque é emitido contra o seu emitente, sendo obrigatório constar no documento: a) a denominação "cheque" inscrita no contexto do título e expressa na língua em que este é redigido; b) a ordem incondicional de pagar ("PAGUE") quantia determinada; c) o nome do banco ou da instituição financeira que deve pagar e; d) a assinatura do emitente (sacador).  

Resolução da Equipe Tecnolegis:

A assertiva é falsa, nos termos do que dispõe a Lei 7.357/85:

"Art . 3º O cheque é emitido contra banco, ou instituição financeira que lhe seja equiparada, sob pena de não valer como cheque."

Verdadeira.
Falsa.

Marcadores

Marcador Verde Favorita
Marcador Azul Dúvida
Marcador Amarelo Acompanhar
Marcador Vermelho Polêmica
Marcador Laranja  Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
⇑ TOPO
Salvar Texto Selecionado

CONECTE-SE

Facebook
Twitter
E-mail

Copyright © Tecnolegis - 2010 - 2019 - Todos os direitos reservados.