OFERTA LIMITADA: ACESSE TODO O CONTEÚDO EXCLUSIVO DO PORTAL POR APENAS R$ 3,90/MÊS. SAIBA COMO!

Informações da Prova Questões por Disciplina Downloads TRT - 4.ª Região - Analista Judiciário - Administrativa - FCC - Fundação Carlos Chagas - 2011 - Prova Objetiva

Chega de saudade

			
		1       	Esta é uma história da Bossa Nova e dos
       			rapazes e moças que a fizeram, quando eles tinham
        		entre quinze e trinta anos. É também um livro que se
        		pretende o mais factual e objetivo possível. Evidente
		5      que, tendo sido escrito por alguém que vem ouvindo
        		Bossa Nova desde que ela ganhou este nome (e que
        		nunca se conformou quando o Brasil começou a trocá-la
        		por exotismos), uma certa dose de paixão acabou se
        		intrometendo na receita - sem interferir, espero, pró ou
		10   contra, na descrição da trajetória de qualquer perso-
			nagem. Os seres humanos, assim como os LPs, têm
       			lados A e B, e houve um esforço máximo para que
       			ambos fossem mostrados.
       				Para compor essa história, as informações foram
		15    buscadas em primeira mão, entre os protagonistas,
       			coadjuvantes ou figurantes de cada evento aqui descrito,
       			citados na lista de agradecimentos. Toda informação
       			importante foi checada e rechecada com mais de
       			uma fonte. A natureza de certas informações torna
		20   impossível que sejam especificadas como "entrevista
       			realizada no dia X, na cidade Y, com Fulano de Tal",
       			porque isto seria a quebra de um preceito ético de
       			proteção à fonte. No caso de fontes que não se furtaram
       			a ser identificadas, estas são mencionadas no corpo do
		25   texto. As histórias aqui incluídas levaram em conta
       			apenas a importância que tiveram no desenvolvimento
       			ou na carreira deste ou daquele artista ou da Bossa
       			Nova em conjunto.

(Ruy Castro, "Introdução e agradecimentos". Chega de saudade: a história e as histórias da Bossa Nova. São Paulo: Companhia das Letras, 1990, p. 15)

1 -

O autor do texto:

a)

define o foco da pesquisa que deu origem ao livro: a reação de pessoas entre quinze e trinta anos diante do desenvolvimento da Bossa Nova.

b)

assume ter pretendido escrever uma história apaixonada sobre a Bossa Nova, o que o leva a pedir a indulgência do leitor quanto às inadequações decorrentes dessa intenção.

c)

advoga para seu relato a condição de “história”, por cumprir o protocolo científico: absoluta fidelidade na descrição dos fatos, dados definitivos e cabal objetividade.

d)

emprega simultaneamente história e histórias, o que libera a obra do compromisso com o constatável, como o ratifica o uso das palavras típicas da ficção personagem, protagonistas, coadjuvantes e figurantes.

e)

explicita a perspectiva adotada na produção da obra referindo-se a si próprio predominantemente em terceira pessoa, sem deixar, entretanto, em dado momento, de assumir diretamente sua voz.

2 -

Compreende-se corretamente do texto:

a)

a comparação entre LPs e seres humanos (linha 11) se fundamenta no traço comum "“caráter bifronte"”.

b)

ao fazer referência a um esforço máximo (linha 12), o autor expressa sua concepção de que a volubilidade torna os seres humanos indecifráveis.

c)

ao referir-se a informações em primeira mão (linha 15), o autor informa que os eventos que compõem a história escrita por ele jamais tinham vindo a público.

d)

a caracterização de entrevista (linhas 20 e 21) prepara o leitor para a decodificação de certas informações que são tratadas de modo cifrado no livro.

e)

as histórias que compõem o livro (linha 25) não possuem relevo próprio, merecendo presença na obra unicamente por tangenciarem a trajetória da Bossa Nova.

3 -

No primeiro parágrafo do texto,

a)

Esta (linha 1) e a (linha 2) são pronomes que se antecipam ao elemento a que cada um deles se refere.

b)

o segmento introduzido pelo travessão (linha 9) expressa um julgamento que traz as marcas de uma presunção.

c)

foram empregados com sentido equivalente os segmentos uma história da Bossa Nova (linha 1), um livro (linha 3) e escrito (linha 5).

d)

os parênteses (linhas 6 a 8) acolhem explicação sobre o que ocorreu com a Bossa Nova quando o Brasil começou a trocá-la por exotismos.

e)

a frase quando eles tinham entre quinze e trinta anos (linhas 2 e 3) delimita o período da concomitância entre a vivência dos jovens e o ato de escrita da obra.

4 -

No contexto, o segmento que expressa uma causa é:

a)

(linha 2) que a fizeram.

b)

(linhas 3 e 4) que se pretende o mais factual e objetivo possível.

c)

(linha 5) tendo sido escrito por alguém.

d)

(linhas 8 e 9) uma certa dose de paixão acabou se intrometendo na receita.

e)

(linhas 14 e 15) as informações foram buscadas em primeira mão.

5 -

O segmento do texto que, tendo sido transformado, preserva a correção original é:

a)

qualquer que sejam as personagens.

b)

devem haver muitas fontes mencionadas no corpo do texto.

c)

torna inacessível as especificações desejáveis.

d)

as fontes devem serem especificadas.

e)

os esforços haveriam de ser grandes.

Conciliação é a solução

“A conciliação, antes de tudo, tem proporcionado às partes o efetivo acesso à Justiça, pois elas participam diretamente no resultado apaziguador do conflito. Além de despertar no cidadão o sentimento de segurança e confiança, encorajando-o na defesa de seus direitos, a conciliação devolve credibilidade, eficiência e, sobretudo, rapidez na prestação jurisdicional”. Com essas palavras, o desembargador federal coordenador do gabinete da Conciliação do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF3), Antonio Cedenho, define o que é este ato capaz de reduzir processos na justiça.

(Viviane Ponstinnicoff. "Conciliação é a solução". Justiça em Revista - publicação bimestral da Justiça Federal de Primeiro Grau em São Paulo. Ano IV- dezembro 2010, n. 20, p. 6)

6 -

É INCORRETO afirmar que, no contexto, o emprego de:

a)

antes de tudo cria a expectativa de que muitas são as vantagens advindas da conciliação.

b)

efetivo deixa subentendida a ideia de que nem sempre os cidadãos veem cumprido seu direito à Justiça.

c)

tem proporcionado é indicador de fato repetido ou contínuo.

d)

diretamente faz supor que há procedimentos jurídicos em que as partes se fazem representar por interpostos.

e)

apaziguador permite a conclusão de que todos os processos que chegam ao gabinete da Conciliação terminam com o acordo entre as partes.

7 -

A substituição que garante o sentido original, com clareza e correção, é:

a)

e, sobretudo, rapidez na prestação jurisdicional por "“e sobretudo, rapidez na prestação jurisdicional"”.

b)

despertar no cidadão por "despertar-lhe".

c)

encorajando-o na defesa de seus direitos por "encorajando este na sua defesa de direitos".

d)

pois por "porquanto".

e)

Antonio Cedenho, define por "“Antonio Cedenho define”".

8 -

“... Além de despertar no cidadão o sentimento de segurança e confiança, encorajando-o na defesa de seus direitos, a conciliação devolve credibilidade, eficiência e, sobretudo, rapidez na prestação jurisdicional”.

A reescrita do segmento destacado acima que se mostra correta e adequada ao contexto é:

a)

Excedendo o despertar no cidadão o sentimento de segurança e confiança, com o intuito de encorajá-lo na defesa de seus direitos ...

b)

Somando a ação de despertar no cidadão o sentimento de segurança e confiança, se o encoraja na defesa de seus direitos ...

c)

Desperta no cidadão o sentimento de segurança e confiança e, ainda mais, afim de encorajá-lo na defesa de seus direitos ...

d)

Afora o fato de despertar no cidadão o sentimento de segurança e confiança, ao encorajá-lo na defesa de seus direitos ...

e)

Não obstante o despertar no cidadão o sentimento de segurança e confiança, quando o encoraja na defesa de seus direitos ...

9 -

A frase redigida de modo claro e condizente com o padrão culto escrito é:

a)

A criação, coordenação e assessoria a cursos profissionalizantes está a cargo de ambos os formados na área, de cujo conhecimento de ponta muito se depende.

b)

Advoguei junto ao chefe do rapaz que sua atuação tanto profissional como em sociedade não deixava nada à desejar, o que lhe ajudou bastante naquela pendência.

c)

Ele era o único que espontaneamente se dignava de ouvir-nos a todos, sem exceção, e consentia prazeroso até o depoimento mais insosso ou desajeitado.

d)

Não posso atribuir unicamente a precária condição de acesso à Educação a apenas a condição de miscigenação dos que desejam ascender à sua dignidade.

e)

Os resultados da pesquisa científica levada a efeito no ano passado deve ser aberta àquele núcleo que a instigou, não devendo ficar restrito aos especialistas.

10 -

Está correta a seguinte frase:

a)

Já está inserto na obra o trecho em que ele afirma acreditar muito na água que considera benta, pois diz que, tendo sido benzida em dia de muito fervor, é miraculosa.

b)

Urge, e ninguém discorda disso, as medidas já anunciadas, porém se o secretário dispuser de imediato de toda a verba prometida, poderá haver problemas mais à frente.

c)

Tratam-se de advertências as mais singulares, entre elas a que incita os cidadãos a que remediem por si sós os danos cuja reparação está legalmente sob o dever do estado.

d)

O presidente advertiu Vossa Excelência para que não deixeis passar o prazo previsto no acordo, caso em que sereis responsabilizado legalmente pelo decurso.

e)

Tenho exausto minhas forças nesse pretencioso projeto, mas nem que consiga o octagésimo lugar no concurso, que é o último, espero vê-lo analisado.

« anterior 1 2 3 4 5 6 7 próxima »

Marcadores

Marcador Verde Favorita
Marcador Azul Dúvida
Marcador Amarelo Acompanhar
Marcador Vermelho Polêmica
Marcador Laranja  Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
⇑ TOPO
Salvar Texto Selecionado

CONECTE-SE

Facebook
Twitter
E-mail

Copyright © Tecnolegis - 2010 - 2014 - Todos os direitos reservados.