ACESSE GRATUITAMENTE + DE 450.000 QUESTÕES DE CONCURSOS!

Informações da Prova Questões por Disciplina Downloads AGU - Advocacia Geral da União - Técnico em Contabilidade - IDECAN - Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistência Nacional - 2014 - Prova Objetiva

50 anos depois

[...] No cinquentenário da República, ninguém questionava a quartelada que derrubou o Império em 1889. Nos 50 anos do Estado Novo, poucos deram atenção ao período que transformou a economia e a sociedade brasileiras. Pois hoje, dia 31 de março de 2014, 50 anos depois do golpe militar, o Brasil é tomado de debates inflamados e de um surto incomum de memória histórica. [...]

Houve avanços em quase todas essas áreas. Estabilizamos a moeda, distribuímos renda, pusemos as crianças na escola. As conquistas não são poucas, vieram aos poucos e estão longe de terminadas. Todas elas são fruto do ambiente livre, em que diferentes ideias podem ser debatidas e testadas. Todas são fruto, numa palavra, da democracia.

Eis a principal diferença entre os dois Brasis, separados por 50 anos: em 1964 havia, à direita e à esquerda, ceticismo em relação à democracia; hoje, não mais. Se há pensamento autoritário no país, ele é minoritário. Nossas instituições democráticas deram prova de vitalidade ao promover o impeachment de um presidente, a condenação de corruptos poderosos no caso do mensalão e ao manter ampla liberdade de opinião e de expressão. A cada eleição, o brasileiro gosta mais da democracia.

Nada disso significa, porém, que possamos considerá-la uma conquista perene e consolidada. Democracias jovens, como Venezuela, Argentina ou Rússia, estão aí para mostrar como o espectro do autoritarismo pode abalar os regimes de liberdade. A luta pela democracia e pelas liberdades individuais precisa ser constante, consistente e sem margem para hesitação.

(Helio Gurovitz. Época, 31 de março de 2014. Adaptado.)

1 -

De acordo com a estrutura e os recursos utilizados no texto na construção das ideias, é correto afirmar que se trata de um texto, predominantemente,

a)

apelativo.

b)

instrutivo.

c)

expositivo.

d)

informativo.

e)

argumentativo.

2 -

Considerando as ideias e informações apresentadas no texto, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) 50 anos após o golpe militar de 1964, há uma divisão quanto às manifestações referentes a tal evento: de um lado, um grupo está desinformado e apático; de outro, há euforia e debates entusiasmados.

( ) Conquistas, como estabilidade da moeda e distribuição de renda, são alvos a serem alcançados em um futuro próximo.

( ) A coexistência de diferentes pensamentos é responsável pela promoção de avanços de grande importância no cenário nacional.

A sequência está correta em

a)

F, F, F.

b)

V, V, F.

c)

V, F, V.

d)

F, F, V.

e)

V, V, V.

3 -

De acordo com o contexto, a expressão "surto incomum de memória histórica" produz um sentido que indica

a)

que a história de uma nação é a única responsável por seu avanço no presente também, no futuro.

b)

a importância atribuída aos fatos relacionados ao evento em questão no texto, diretamente ligados ao golpe de 1964.

c)

a grande importância da memória histórica brasileira, cultivada em todos os aspectos pelos vários segmentos da sociedade.

d)

um posicionamento negativo por parte do articulista em relação à reação por ocasião da data mencionada "31 de março de 2014".

e)

um posicionamento negativo por parte da sociedade mediante os fatos correspondentes à data mencionada anteriormente no texto.

4 -

O termo "se" pode apresentar significados e efeitos de sentido diversos de acordo com a construção em que está inserido. Em "Se há pensamento autoritário no país, ele é minoritário.", o efeito produzido revela

a)

dúvida.

b)

condição.

c)

comparação.

d)

determinação.

e)

conformidade.

5 -

Dentre os termos destacados a seguir, identifique o que possui função sintática DIFERENTE dos demais.

a)

"Nada disso significa, [...]”"  (4.º §)

b)

"[...] poucos deram atenção ao período [...]"”  (1.º §)

c)

"Houve avanços em quase todas essas áreas."”  (2.º §)

d)

"[...] o espectro do autoritarismo pode abalar os regimes de liberdade."”  (4.º §)

e)

"No cinquentenário da República, ninguém questionava a quartelada [...]”" (1.º §)

6 -

As relações de coesão textual contribuem para que a compreensão de um texto possa ser plena. Dentre os elementos utilizados com tal objetivo estão os pronomes relativos, destacados a seguir, que exerce(m) tal função apenas

I. "“[...] a quartelada que derrubou o Império em 1889."” (1.º §)

II. "“[...] em que diferentes ideias podem ser debatidas e testadas."” (2.º §)

III. "“[...] período que transformou a economia e a sociedade brasileiras."” (1.º §)

IV. “"[...] que possamos considerá-la uma conquista perene e consolidada."” (4.º §)

Estão corretas apenas as afirmativas

a)

I e II.

b)

I e III.

c)

III e IV.

d)

I, II e III.

e)

II, III e IV.

7 -

Pode-se afirmar que o autor encerra o 2.º § transcrito com a oração "Todas são fruto, numa palavra, da democracia." em que pode ser identificado(a) um(a)

a)

afirmação através de um conceito.

b)

citação de autoridade como recurso argumentativo.

c)

afirmação associada ao desenvolvimento de uma ideia.

d)

conceito objetivo e claro através de uma exemplificação.

e)

determinado ponto de vista que será desenvolvido no texto.

8 -

Em "Eis a principal diferença entre os dois Brasis, separados por 50 anos: em 1964 havia, à direita e à esquerda, ceticismo em relação à democracia; hoje, não mais.", quanto à utilização do sinal de dois pontos, é correto afirmar que

a)

indica uma enumeração.

b)

indica a separação de um paralelismo.

c)

introduz um trecho de aspecto reflexivo.

d)

tal sinal de pontuação pode ser omitido sem que haja qualquer tipo de prejuízo.

e)

introduz um trecho de caráter explicativo que se liga diretamente à ideia anteriormente enunciada.

9 -

Acerca da utilização do acento grave em "“à direita"”, “"à esquerda"” e “"à democracia"” no trecho "“[...] em 1964 havia, à direita e à esquerda, ceticismo em relação à democracia; hoje, não mais."”, analise.

I. As três ocorrências do acento grave justificam-se pelo mesmo motivo.

II. As ocorrências do acento grave em “"à direita"” e “"à esquerda"” justificam-se por motivos diferentes.

III. Substituindo “"em relação"” por "“relacionado"”, permanece o uso do acento grave em “"à democracia"”.

IV. Em “"à democracia"”, o uso do acento grave justifica-se mediante a exigência do termo regente associada à presença do artigo feminino diante do termo regido.

Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)

a)

II.

b)

IV.

c)

I e II.

d)

III e IV.

e)

I, II e III.

10 -

Os vocábulos "cinquentenário" e "império" são acentuados devido à mesma justificativa. O mesmo ocorre com o par de palavras apresentado em

a)

prêmio e órbita.

b)

rápida e tráfego.

c)

satélite e ministério.

d)

pública e experiência.

e)

sexagenário e próximo.

« anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 próxima »

Marcadores

Marcador Verde Favorita
Marcador Azul Dúvida
Marcador Amarelo Acompanhar
Marcador Vermelho Polêmica
Marcador Laranja  Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
⇑ TOPO
Salvar Texto Selecionado

CONECTE-SE

Facebook
Twitter
E-mail

Copyright © Tecnolegis - 2010 - 2019 - Todos os direitos reservados.